Não, nada disso é coaching!



Não, nada disso é coaching!


Alguns profissionais sérios de coaching entraram em contato conosco hoje, pedindo que o ICI aproveitasse a matéria de ontem no Fantástico, para ajudar a esclarecer melhor o que é a profissão de coaching.


Por que? Porque para o coach profissional, o que foi apresentado na matéria não só não o representa, mas mostra o oposto do que este faz.


A profissão de coaching é uma das mais respeitadas internacionalmente, principalmente no mundo executivo. Porém no Brasil acontece um fenômeno à parte, onde as pessoas que mais aparecem na mídia infelizmente não representam a profissão.


Este fenômeno acontece hoje com várias profissões: economistas chocados com youtubers que falam de investimento sem saber, médicos chocados com pessoas fazendo cirurgia sem ser especialista.


É exatamente esta sensação que um coach profissional e sério experiência ao ver o desenvolvimento humano ser tratado de forma tão inadequada.


O lado bom é que em toda profissão temos os profissionais sérios. E estes estão fazendo o bem no mundo todo.

Steve Jobs tinha um coach, Larry Page já teve, e muitos alto-executivos e presidentes de empresa têm um coach que os acompanha durante fases diferentes de suas carreiras. Você acha que quem atende este nível de profissionais dá conselhos superficiais ou fica repetindo frases de redes sociais?


Se o seu “coach” culpar você, o fizer se sentir inferiorizado, for palpiteiro, ficar bravo com você, lhe julgar, dizer que todos os problemas da sua vida vem de “falta de motivação”, ou tentar usar “técnicas mágicas” e imediatas, cuidado!