A ditadura da felicidade


Ultimamente tenho visto muitas pessoas criticando livros de auto ajuda e a massificação de palestras motivacionais sobre felicidade. A crítica é que ser feliz virou quase uma exigência e nenhum outro estado emocional é aceitável.


As mídias sociais também não ajudam muito, pois o que se vê são milhões de selfies de pessoas sempre, felizes, alegres, comendo, viajando. Então, por comparação, qualquer pessoa que não esteja experimentando momentos assim se sente inadequada, se sente inferior.


Tudo isso recheado com as frases enlatadas de sempre. Seja feliz, Não desista nunca, Lute pelos seus sonhos. Como ninguém quer parecer menos que o outro, a tendência é se evitar falar de problemas, não se lidando com as dores de forma adequada.


A busca é por soluções rápidas, remédios com efeito rápido, pois se a pessoa não se sente feliz por si, então que compre algum remédio que faça isso por ela. Ou que busque alguma palestra motivacional com frases mágicas e superficiais.


A Farsa

Nesta busca de imagem de felicidade e perfeição, existe uma farsa existencial sendo criada. Isso me lembra as fotos de modelos publicadas em revistas após as imagens passarem por vários retoques, para retirar imperfeições. Para quem é ingênuo, acredita que a imagem que está vendo é real.


Por outro lado, os números não mentem. O Brasil é o país com a maior taxa de transtornos de ansiedade do mundo e a maior taxa de depressão da América Latina.


Isso nos faz pensar que apesar das frases motivacionais, está acontecendo o oposto – as pessoas estão infelizes sim, estão desistindo sim, estão abrindo mão de seus sonhos sim (ou nem sabem quais são seus sonhos).


Teorias para explicar esse sofrimento são muitas: dores da urbanização, valores pouco trabalhados, mudança muita rápida de papéis dos homens e das mulheres, etc.

Todas as explicações são válidas, mas acredito que a massificação das imagens falsas de felicidade imediata agravam a situação.


A Certeza

Você quer ser feliz mesmo? Mas quer mesmo ou quer apenas parecer feliz? Para parecer feliz, basta um selfie sorridente. Agora, se quiser ser feliz de verdade, vai dar trabalho.


Depois de tantos anos atuando no desenvolvimento humano, tenho algumas certezas. Uma delas é que felicidade requer trabalho constante. Significa passar pela dor, não evitá-la. Significa não ter medo de encarar a tristeza quando surge. Não ter medo de encarar o medo e lidar com este de frente. Encarar tudo aquilo que faz você infeliz e lidar com cada item, sem fazer de conta que não existe.


Felicidade só existe quando superamos os vales das frustrações e adversidades. Mas para superar temos que atravessá-los e não evitá-los.


E a depressão? Será que mostra que alguém é problemático? Ou será que mostra alguém tão iluminado que está apenas reagindo à essa farsa toda que foi criada?


Muitas vezes o depressivo ou o problemático da família é aquele que tem o radar muito apurado, que reage e não se satisfaz com uma energia relacional problemática que o resto da família ainda não percebeu.


Mas não estamos falando de uma pessoa em uma família apenas. Estamos falando agora de um país inteiro.


Um país com tantas pessoas ansiosas e deprimidas pode ser um grande alerta para o fato de que tentar parecer feliz não funciona mais. As pessoas querem ser felizes de verdade e não apenas terem selfies felizes.


Se você quer tanto tirar selfies para o mundo, comece um movimento novo. Tire selfies de você trabalhando duro, de você irritado no trânsito, de você triste por ter perdido algo ou alguém, de você desesperançoso, de você confuso, de você precisando de ajuda. Estes são os bastidores da felicidade.


Ou seja, reivindique a sua imperfeição. E ao fazer isso, você estará dando liberdade ao outro para fazer o mesmo.


E quem sabe, nesse compartilhamento real de experiências humanas reais e não artificiais, a busca da felicidade aconteça de forma mais consciente.


Quem sabe a gente aprenda que ser feliz não significa não ter infelicidade. Ao contrário, é encará-la nos olhos até entender a mensagem que ela está dando sobre algo que precisa ser lidado.


Seja feliz, se tiver coragem de trabalhar para isso.


Não desista nunca, sabendo que os vales existem para ser atravessados.


Lute pelos seus sonhos, se estiver disposto a encarar as dores dos obstáculos de frente.



Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
NOSSOS TELEFONES

(11)   3772-5179 

(11)   3772-0036

(11) 99635-4357

WhatsApp:

NOSSO EMAIL
NOSSOS HORÁRIOS

Segunda a Quinta, das 08h00 às 18h00

Sexta, das 8h00 às 17h00

FIQUE COM A GENTE

Nos acompanhe nas redes sociais, envie sua mensagem, curta e compartilhe nossos conteúdos e faça parte.

  • e0678ef25486466ba65ef6ad47b559e1
  • e9bb463a1bc4434c9d33b81b1fe937f5
  • f61c7a3b4b4947b28511a25034973383
  • da7ef6dd1302486c9a67baebe4b364bc
  • c4392d634a0148fda8b7b2b0ad98293b
NOSSOS SERVIÇOS

- ICI ESCOLA: Cursos

- ICI CONSULTORIA: Atendimentos de Coaching em diversas modalidades

- ASSESSMENTS: assessments de última geração

VENHA NOS VISITAR

Estamos localizados na

Rua Doutor Fonseca Brasil, 221

Morumbi - São Paulo/SP

CEP: 05716-060

 

© 2016 ICI - INTEGRATED COACHING INSTITUTE  - Todos os direitos reservados