Como você usa sua energia para atingir metas


Um ditado popular nos diz que “querer é poder”. No entanto, sabemos que não é bem assim. O dia passa sem que não consigamos dar conta de tudo que havia para fazer. Chegamos em casa exaustos, pensando apenas em descansar para o dia seguinte, em que começa tudo de novo.


A semana passa voando, deixamos as pendências para a seguinte. O estresse bate forte. Ainda bem que chegou sexta-feira! O mês passa, temos uma gripe, falta muito para as férias? O ano acaba, mas o próximo será diferente. Será mesmo?


Se tudo o que basta para poder fazer algo é querer, porque nem sempre atingimos nossos objetivos, apesar dos esforços? Ou, quando atingimos, por que pagamos um preço cada vez mais alto?


Talvez o problema esteja na pouca energia que efetivamente canalizamos para esses objetivos.


O que nos impede de chegar lá?

Há muitos fatores que podem nos deixar desanimados, sem energia para trabalhar em nossos objetivos. Um deles é que tomamos responsabilidade por muitas coisas, porque queremos controlar tudo, não sabemos dizer não ou não nos permitimos pedir ajudar. Assim, acabamos com mais do que podemos dar conta. A lista de pendências só aumenta, gerando estresse, sentimento de culpa, frustração e desvalorização.