A linguagem corporal do líder


O gerente entra na sala de reunião de cabeça erguida e peito estufado. Corre rapidamente um olhar sério pelos presentes na mesa, faz um aceno protocolar com a cabeça e, sem dizer nada, senta-se na cabeceira.


Em pouquíssimo tempo, o gerente transmitiu uma mensagem antes mesmo de falar qualquer palavra. Sua linguagem corporal já estava em ação, influenciando a forma como era percebido e talvez até o andamento da reunião.


Afinal, o modo como uma pessoa gesticula ou se movimenta, seu olhar e expressões faciais têm um significado e causam impacto nos outros, especialmente a pessoa em questão exerce uma função de liderança.


Por que cuidar da sua linguagem corporal?

Uma das razões pelas quais você deve cuidar de sua linguagem corporal é que, se usada de forma eficaz, ela desempenha um papel fundamental na comunicação.


Entre 60% e 90% da comunicação é não-verbal. As pessoas constantemente observam a forma como você se comporta, e não simplesmente o que está falando.


Adicionalmente, se houver alguma discordância entre o que você diz e os sinais que seu corpo emite, isso não passará despercebido pelos outros e poderá afetar negativamente a sua influência.


Responda sinceramente estas perguntas para uma autoanálise:

  • Será que os sinais que você está emitindo condizem com o que se passa no seu interior?

  • Você tem dado importância à sua linguagem corporal? Suas palavras são congruentes com a sua expressão facial ou gestual?

  • O que sua postura normalmente demonstra? Por exemplo: autoconfiança ou insegurança? Simpatia ou sisudez? Abertura ou resistência?


Usando o corpo para comunicar