A linguagem corporal do líder

August 15, 2017

 O gerente entra na sala de reunião de cabeça erguida e peito estufado. Corre rapidamente um olhar sério pelos presentes na mesa, faz um aceno protocolar com a cabeça e, sem dizer nada, senta-se na cabeceira.

 

Em pouquíssimo tempo, o gerente transmitiu uma mensagem antes mesmo de falar qualquer palavra. Sua linguagem corporal já estava em ação, influenciando a forma como era percebido e talvez até o andamento da reunião.  

 

Afinal, o modo como uma pessoa gesticula ou se movimenta, seu olhar e expressões faciais têm um significado e causam impacto nos outros, especialmente a pessoa em questão exerce uma função de liderança.

 

Por que cuidar da sua linguagem corporal?

Uma das razões pelas quais você deve cuidar de sua linguagem corporal é que, se usada de forma eficaz, ela desempenha um papel fundamental na comunicação.

 

Entre 60% e 90% da comunicação é não-verbal. As pessoas constantemente observam a forma como você se comporta, e não simplesmente o que está falando.

 

Adicionalmente, se houver alguma discordância entre o que você diz e os sinais que seu corpo emite, isso não passará despercebido pelos outros e poderá afetar negativamente a sua influência.

 

Responda sinceramente estas perguntas para uma autoanálise:

  • Será que os sinais que você está emitindo condizem com o que se passa no seu interior?

  • Você tem dado  importância à sua linguagem corporal? Suas palavras são congruentes com a sua expressão facial ou gestual?

  • O que sua postura normalmente demonstra? Por exemplo:  autoconfiança ou insegurança? Simpatia ou sisudez? Abertura ou resistência?

 
Usando o corpo para comunicar
 

1 – Estimule os bons sentimentos ao sorrir

Um sorriso genuíno não só estimula o seu próprio bem estar, mas também sugere às pessoas ao seu redor que você é acessível, cooperativo e confiável.

Sorrir influencia diretamente a forma como as outras pessoas respondem a você. Quando você sorri para alguém, quase sempre receberá um sorriso de volta.

Considerando ainda que  entre os seres humanos existe o que a Neurociência chama de “contágio emocional”, o seu sorriso tem o poder de estimular bons sentimentos nos outros.

  

2 – Use os gestos para aprimorar seu discurso

Existe uma área do cérebro, a qual é importante para a produção da fala, que está ativa não só quando você fala, mas também quando gesticula.

Como o gesto está intimamente ligado à fala, gesticular enquanto fala pode realmente impulsionar o seu pensamento, trazendo mais fluidez ao seu discurso.

 

3 – Mantenha contato visual

Mantenha a cabeça erguida e olhe nos olhos da pessoa com quem você está tendo uma conversa. Isso vale tanto para os momentos em que você fala como para os em que apenas ouve. O contato visual cria uma conexão entre você e seu interlocutor e sugere a ele que você está interessado na conversa.

 

4 – Fale mais devagar

A fala calma, num ritmo brando, transmite confiança e favorece o entendimento por parte do outro. Se estiver nervoso ou acelerado, experimente respirar fundo, segurar a respiração por um segundo ou dois e depois soltá-la vagarosamente. Faça isso três ou quatro vezes, se necessário, para estabilizar-se e poder falar mais calmamente

 

5. Mantenha uma postura aberta e receptiva

Você pode não ter essa intenção, mas manter os braços cruzados enquanto conversa com alguém sugere uma postura defensiva, desafiadora ou fechada às ideias do outro. E isso não favorece em nada a comunicação! Então, deixe os braços soltos ou no máximo as mãos unidas na região da cintura. Manter a região do peito/abdômen livre sugere abertura e receptividade ao outro. Se estiver sentado, descruze as pernas também.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Chegou a hora!

January 17, 2020

1/10
Please reload

Posts Recentes

January 17, 2020

June 17, 2019

Please reload

Arquivo